2016-12-21

2nd Round: 50 milhões para acções urbanas inovadoras

Um balcão de serviços públicos que ajuda à integração de migrantes. O projecto, da autoria do município de Viena, foi um dos vencedores do primeiro convite da Comissão Europeia, no âmbito da iniciativa “Acções Urbanas Inovadoras”. O segundo foi lançado no passado dia 16 de Dezembro e conta com 50 milhões de euros para distribuir pelas melhores ideias. Encontrar soluções para os desafios urbanos é o apelo lançado às cidades.

 

De acordo com a Comissária europeia da Política Regional, Corina Creţu, o objectivo destes convites é “dar às cidades os meios de pôr as suas ideias em prática, de modo a que possam ser partilhadas por toda a UE”, acrescentando, ainda, que “as soluções para os desafios mais prementes, como são o desemprego, a exclusão social ou as alterações climáticas, provirão das próprias cidades”.

 

Os fundos a atribuir são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e destinam-se a premiar as melhores soluções em três áreas fundamentais para as cidades, de acordo com a Agenda Urbana da União Europeia (UE): integração dos migrantes, mobilidade urbana e economia circular. Ao todo, no período 2014-2020, a iniciativa comunitária vai dotar as cidades da UE com 372 milhões de euros. No primeiro convite, de entre 378 candidaturas, foram seleccionados 18 projectos.

 

Na primeira ronda, uma das soluções premiadas, em Madrid, foi o estabelecimento de quatro centros, em zonas com elevadas taxas de desemprego, para criar novos postos de trabalho nos sectores da energia, mobilidade, reciclagem e sector alimentar, promovendo, simultaneamente, a economia solidária.

 

No sentido de apoiar os processos de candidatura a este segundo convite em Portugal, no passado dia 7 de Dezembro, realizou-se, no Porto, um seminário da iniciativa “Acções Urbanas Inovadoras”. Os participantes no evento tiveram oportunidade de discutir as suas ideias e colocar questões sobre o processo de candidaturas.

 

O período para apresentação de candidaturas termina no dia 14 de Abril de 2017. Mais informações estão disponíveis no site da iniciativa.

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2018-02-19
Novo Centro Interpretativo do Vale do Tua promove memória do território
Nesta quarta-feira, dia 21 de Fevereiro, abre as portas aquele que é um dos projectos mais emblemáticos do Vale do...
2018-02-12
2018, ano da “multimodalidade”
A Comissão Europeia declarou 2018 como o ano da “multimodalidade”, com o objectivo de sensibilizar os cidadãos...
2018-01-30
OPINIÃO: Será 2018 o ano das Cidades Inteligentes?
Se 2017 foi um ano que tornou clara a inevitabilidade da transformação digital do mundo, foi também o ano em que os...
2018-01-22
Não poluente e partilhada – assim se quer a mobilidade do futuro
As cidades enfrentam, hoje, dois grandes desafios que as obrigarão cada vez mais a repensar os seus planos de...
VER TODAS