2017-08-29

‘Floresta de Trump’ quer compensar o retrocesso da política climática dos EUA

Com o lema ‘Onde a ignorância faz crescer árvores’ (“Where ignorance grows trees”, em inglês), a ‘Trump Forest’ é uma campanha on-line internacional que visa plantar 100 mil milhões de árvores em todo o mundo, com o objectivo de compensar o impacto das políticas climáticas promovidas pelo executivo de Donald Trump.

 

A iniciativa partiu do descontentamento de Adrien Taylor, um cientista do clima de 27 anos, Daniel Price, de 29 anos, e Jeff Wills, um candidato a PhD de 28 anos, pouco tempo depois de ter sido anunciada a retirada dos Estados Unidos da América (EUA) do Acordo de Paris.

 

Lançada na Nova Zelândia, a campanha é descrita pelos seus fundadores como “um esforço colectivo global para inspirar e motivar as pessoas a plantar árvores”, numa iniciativa que é encarada como uma “luta contra a ignorância climática promovida pelo presidente Donald Trump”.

 

Para dar início à campanha, foi calculada a compensação necessária para contrabalançar o peso das recentes políticas ambientais norte-americanas. Segundo os cálculos efectuados, serão precisas 100 mil milhões de novas árvores para fazer frente a um acréscimo de 650 megatoneladas em novas emissões de CO2, resultantes das políticas anunciadas por Trump.

 

No primeiro mês da iniciativa, foi alcançado financiamento que permitiria plantar 15 mil novas árvores. No início de Agosto, este número subia para 120 mil e, actualmente, ultrapassa já os 390 mil. Já contribuíram mais de 1300 pessoas de todo o mundo.

 

Adrien Taylor, em entrevista à publicação on-line IFLScience, revelou-se optimista quanto aos objectivos da campanha: “Parece um bocado ridículo, mas é completamente alcançável”. Para o mentor da ‘Floresta de Trump’, “foi desmoralizante ver alguém que questiona ciência básica eleito presidente” dos EUA. “Só uma pequena percentagem do mundo votou nele, mas temos todos de lidar com as consequências da sua ignorância climática”.

 

No seu sítio web, a campanha apela ao donativo on-line ou ao donativo a uma qualquer organização local que plante árvores, sendo, depois, pedido o recibo do donativo como comprovativo da plantação de árvores.

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2017-03-27
GeoForest, os SIG no combate aos incêndios florestais
Podem os sistemas de informação geográfica (SIG) ser uma ferramenta de prevenção e combate aos incêndios? A...
2016-11-16
Trump abre a porta para EUA saírem do Acordo de Paris
A eleição de Donald Trump como 45º Presidente dos Estados Unidos da América (EUA) apanhou o mundo de surpresa e...
2016-08-22
Next Century Cities apoia a participação cívica através de acesso a banda larga
Utilizar a banda larga de alta velocidade para aumentar a participação cívica é o objectivo dos Benton Awards. A...
2016-07-04
Columbus promete implementar sistema de transportes “inédito”
A cidade norte-americana Columbus, no Ohio, foi a grande vencedora da iniciativa Smart City Challenge. Cerca de 40...
VER TODAS