2017-04-07

Lisboa na corrida para ser Capital Verde Europeia de 2019

É a primeira vez que uma capital do Sul da Europa é finalista do prémio Capital Verde Europeia. A Lisboa, juntam-se Ghent (Bélgica), Lahti (Finlândia), Oslo (Noruega) e Talinn (Estónia).

 

Atribuído desde 2010 pela Comissão Europeia, este prémio destina-se a cidades europeias com mais de 100 mil habitantes que atinjam, de modo consistente, altos padrões de qualidade ambiental e que estejam comprometidas com o desenvolvimento sustentável, agindo enquanto modelo de boas práticas para as restantes cidades europeias. Já em 2014, Lisboa havia sido uma das 12 seleccionadas a competir pelo prémio de 2017. Agora, para o prémio referente a 2019, a capital portuguesa foi escolhida para integrar a shortlist final, que compreende cinco cidades.

 

Até ao momento, o galardão foi atribuído a nove cidades, entre as quais estão Copenhaga (Dinamarca), Nantes (França) e Bristol (Inglaterra). A vencedora de 2017 foi Essen, e será precisamente nesta cidade alemã que decorrerá, a 2 de Junho, a cerimónia de coroação da Capital Verde Europeia 2019. Para ganhar, Lisboa terá de destacar-se em 12 "Áreas Indicadores" (AI). Deste lote, constam, entre outros, a mitigação e adaptação às alterações climáticas, a qualidade do ar ambiente, a produção e gestão de resíduos, o emprego sustentável e a mobilidade. No mesmo dia, será igualmente atribuído o prémio europeu Green Leaf 2018, destinado a cidades que tenham entre 20 e 100 mil habitantes e que estejam empenhadas na área ambiental e na criação de emprego. Em 2015, foi Torres Vedras a vencedora desta distinção. Este ano, os nomeados são Leuven (Bélgica), Ludwigsburg (Alemanha) e Växjö (Suécia).

 

Enquanto Lisboa espera pelo anúncio, o vencedor da Capital Verde Europeia 2018 já foi anunciado: Nijmegen, na Holanda. Para a edição de 2020, também a cidade portuguesa de Guimarães tem a sua candidatura submetida.

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2017-09-18
Bicicletas partilhadas de Lisboa arrancam esta terça-feira
As Gira, nome escolhido para o sistema de bike-sharing da EMEL, vão estar  oficialmente disponíveis já a partir de...
2017-09-06
CycleHack: o evento para eliminar barreiras à bicicleta está de volta
Fazer frente às barreiras que os utilizadores de bicicleta encontram pela cidade, através de soluções pensadas e...
2017-08-31
DriveNow vai ter 211 viaturas para partilhar em Lisboa
A DriveNow está a chegar a Lisboa. O arranque do sistema de carsharing representa um investimento de cinco milhões de...
2017-07-12
Lisboa e NEC juntas na gestão em tempo real da cidade
O município de Lisboa e a NEC Portugal assinaram, esta semana, um contrato para a gestão integrada dos serviços da...
VER TODAS